Bruno Giorgi

Mococa, SP,  1905 - Rio de Janeiro, RJ, 1993.

Muda-se com a família para Itália, e fixa-se em Roma em 1913. Em 1920, inicia estudos de desenho e escultura com o professor Loss. Participa de movimentos antifascistas. Em 1931, é preso por motivos políticos e condenado a sete anos de prisão. É extraditado para o Brasil em 1935, por intervenção do embaixador brasileiro na Itália. Em São Paulo, trava contato com Joaquim Figueira (1904 - 1943) e Alfredo (1896 - 1988). Em 1937, viaja para Paris e frequenta as academias La Grand Chaumière e Ranson, onde estuda com Aristide Maillol (1861 - 1944). Em 1939, retorna a São Paulo e convive com Mário de Andrade (1893 - 1945), Lasar Segall (1891 - 1957), Oswald de Andrade (1890 - 1954) e Sérgio Milliet (1898 - 1966), entre outros. Começa a praticar desenho de modelo-vivo e pintura com os artistas do Grupo Santa Helena e integra a Família Artística Paulista - FAP. Em 1943, transfere-se para o Rio de Janeiro. A convite do ministro Gustavo Capanema (1900 - 1985) instala ateliê no antigo Hospício da Praia Vermelha, onde orienta jovens artistas como Francisco (1919). Possui obras em espaços públicos como Monumento à Juventude Brasileira, 1947, nos jardins do antigo Ministério da Educação e Saúde - MES, atual Palácio Gustavo Capanema, no Rio de Janeiro; Candangos, 1960, na Praça dos Três Poderes, e Meteoro, 1967, no lago do edifício do Ministério das Relações Exteriores, em Brasília; e Integração, 1989, no Memorial da América Latina, em São Paulo.

 

Exposições Individuais

  • 1950 - São Paulo SP - Individual, no MAM/SP

  • 1960 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria Bonino

  • 1961 - Santiago (Chile) - Individual, no Centro Hispano-Brasileiro de Cultura

  • 1962 - Roma (Itália) - Individual, na Galleria d'Arte della Casa do Brasil  

  • 1962 - Stuttgart (Alemanha) - Individual, na Universidade Técnica de Stuttgart

  • 1962 - Viena (Áustria) - Individual, na Casa da Áustria

  • 1964 - Buenos Aires (Argentina) - Individual, na Galeria Lascaux

  • 1965 - Milão (Itália) - Individual, na Galeria Il Giorno

  • 1970 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Cosme Velho

  • 1971 - São Paulo SP - Individual, na Galeria Cosme Velho

  • 1974 - São Paulo SP - Bruno Giorgi: esculturas, na Galeria Arte Global

  • 1978 - São Paulo SP - Individual, na Skultura Galeria de Arte

  • 1979 - São Paulo SP - Individual, na Skultura Galeria de Arte

  • 1980 - São Paulo SP - Individual, na Skultura Galeria de Arte

  • 1985 - Rio de Janeiro RJ - Viva Bruno, no Rio Design Center

  • 1985 - São Paulo SP - Bruno Giorgi: 80 anos, na Skultura Galeria de Arte

  • 1991 - Porto Alegre RS - Bruno Giorgi: um mestre da escultura, no Espaço Cultural BFB

  • 1991 - São Paulo SP - Bruno Giorgi: um mestre da escultura, na Skultura Galeria de Arte

 

Exposições Coletivas

  • 1938 - Paris (França) - 15º Salon des Tuileries

  • 1938 - Paris (França) - Salão de Outono, no Grand Palais

  • 1939 - Paris (França) - 16º Salon des Tuileries

  • 1940 - Rio de Janeiro RJ - 3º Salão da Família Artística Paulista, no Palace Hotel

  • 1940 - Rio de Janeiro RJ - 46º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA

  • 1941 - São Paulo SP - 1º Salão de Arte da Feira Nacional de Indústrias, no Parque da Água Branca 

  • 1942 - São Paulo SP - 7º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Prestes Maia

  • 1944 - São Paulo SP - 9º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Prestes Maia

  • 1944 - São Paulo SP - Mario Zanini, Bruno Giorgi e Hilde Weber, na Livraria Brasiliense

  • 1945 - Rio de Janeiro RJ - Artistas Plásticos do Partido Comunista, na Casa do Estudante

  • 1945 - São Paulo SP - Galeria Domus: mostra inaugural, na Galeria Domus 

  • 1948 - Roma (Itália)  - Exposizione d'Arte Sacra, no Vaticano 

  • 1950 - Veneza (Itália) - 25ª Bienal de Veneza

  • 1951 - São Paulo SP - 1º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia - 1º Prêmio Governo do Estado

  • 1951- São Paulo SP - 1ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão do Trianon - Prêmio Companhia de Seguro e Capitalização do Grupo Sul-América

  • 1952 - Paris (França) - 38º Salão de Maio

  • 1952 - Rio de Janeiro RJ - Exposição de Artistas Brasileiros, no MAM/RJ

  • 1952 - São Paulo SP - 2º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia 

  • 1952 - Veneza (Itália) - 26ª Bienal de Veneza

  • 1953 - São Paulo SP - 2ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão dos Estados - prêmio melhor escultor nacional

  • 1954 - Goiânia GO - Exposição do Congresso Nacional de Intelectuais

  • 1954 - São Paulo SP - Arte Contemporânea: exposição do acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo, no MAM/SP

  • 1955 - São Paulo SP - 4º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia - prêmio aquisição

  • 1957 - Rio de Janeiro RJ - Exposição de Arte Brasileira Contemporânea, no MAM/RJ

  • 1957 - São Paulo SP - 4ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho - Prêmio Leirner

  • 1959 - Leverkusen (Alemanha) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa 

  • 1959 - Munique (Alemanha) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa, no Kunsthaus 

  • 1959 - Rio de Janeiro RJ - 30 Anos de Arte Brasileira, na Galeria Macunaíma

  • 1959 - Viena (Áustria) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa

  • 1960 - Hamburgo (Alemanha) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa

  • 1960 - Lisboa (Portugal) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa 

  • 1960 - Madri (Espanha) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa

  • 1960 - Paris (França) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa

  • 1960 - São Paulo SP - Prêmio Leirner de Arte Contemporânea - 1º prêmio em escultura

  • 1960 - Utrecht (Holanda) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa 

  • 1961 - Rio de Janeiro RJ - 1º O Rosto e a Obra, na Galeria Ibeu Copacabana

  • 1962 - São Paulo SP - Seleção de Obras de Arte Brasileira da Coleção Ernesto Wolf, no MAM/SP 

  • 1962 - Seattle (Estados Unidos) - Pavilhão do Brasil, na Feira Mundial de Seattle

  • 1963 - Rio de Janeiro RJ - 1º Resumo de Arte do JB, no Jornal do Brasil

  • 1966 - Milão (Itália) - Exposição Internacional de Escultura ao Ar Livre – premiado

  • 1967 - São Paulo SP - 9ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal 

  • 1972 - Carrara (Itália) - Bienal Internacional do Mármore

  • 1972 - São Paulo SP - 4º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP

  • 1976 - São Paulo SP - Os Salões: da Família Artística Paulista, de Maio e do Sindicato dos Artistas Plásticos de São Paulo, no Museu Lasar

  • 1978 - Penápolis SP - 3º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis

  • 1978 - Rio de Janeiro RJ - Escultura Brasileira no Espaço Urbano: 50 anos, na Praça Nossa Senhora da Paz

  • 1979 - Rio de Janeiro RJ - Escultores Brasileiros, na Galeria Aktuel

  • 1979 - São Paulo SP - 15ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal

  • 1980 - Rio de Janeiro RJ - Homenagem a Mário Pedrosa, na Galeria Jean Boghici

  • 1980 - Rio de Janeiro RJ - Milton Dacosta, Volpi, Bruno Giorgi, na Acervo Galeria de Arte

  • 1980 - São Paulo SP - Panorama da Escultura Brasileira no Século XX, no Centro Campestre do SESC

  • 1981 - Guarujá SP - Escultura ao Ar Livre, no Hotel Jequitimar

  • 1981 - São Paulo SP - 13º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP

  • 1982 - São Paulo SP - Do Modernismo à Bienal, no MAM/SP

  • 1982 - São Paulo SP - Um Século de Escultura no Brasil, no MASP

  • 1984 - Curitiba PR - Simões de Assis Galeria de Arte: mostra inaugural, na Simões de Assis Galeria de Arte

  • 1984 - Rio de Janeiro RJ - Madeira, Matéria de Arte, no MAM/RJ

  • 1985 - Rio de Janeiro RJ - 8º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ

  • 1985 - Rio de Janeiro RJ - Encontros, na Petite Galerie

  • 1986 - Brasília DF - Brasília: trilha aberta, no MAB

  • 1986 - Rio de Janeiro RJ - JK e os Anos 50: uma visão da cultura e do cotidiano, na Galeria Investiarte

  • 1986 - Rio de Janeiro RJ - Sete Décadas da Presença Italiana na Arte Brasileira, no Paço Imperial

  • 1987 - Paris (França) - Modernidade: Arte Brasileira do Século XX, no Musée d' Art Moderne de la Ville de Paris

  • 1987 - São Paulo SP - As Bienais no Acervo do MAC: 1951 a 1985, no MAC/USP

  • 1988 - São Paulo SP - Modernidade: Arte Brasileira do Século XX, no MAM/SP

  • 1988 - São Paulo SP - MAC 25 anos: destaques da coleção inicial, no MAC/USP

  • 1989 - São Paulo SP - Integração, na Fundação Memorial da América Latina

  • 1992 - Poços de Caldas MG - Arte Moderna Brasileira: acervo do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, na Casa de Cultura

  • 1992 - São Paulo SP - A Sedução dos Volumes: os tridimensionais do MAC, no MAC/USP

  • 1992 - São Paulo SP - O Olhar de Sérgio sobre a Arte Brasileira: desenhos e pinturas, na Biblioteca Municipal Mário de Andrade

 

Exposições Póstumas

  • 1994 - São Paulo SP - Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal

  • 1995 - São Paulo SP - Expressões do Corpo na escultura de Rodin, Leopoldo e Silva, De Fiori, Brecheret, Bruno Giorgi, no Espaço Cultural Safra

  • 1996 - São Paulo SP - 1º Off Bienal, no MuBE

  • 1996 - São Paulo SP - Figura e Paisagem no Acervo do MAM: homenagem a Volpi, no MAM/SP

  • 1997 - São Paulo SP - Escultura Brasileira: perfil de uma identidade, no Banco Safra

  • 1997 - São Paulo SP - Mário de Andrade e o Grupo Modernista, no Centro Cultural e de Estudos Aúthos Paganos

  • 1997 - São Paulo SP - Tridimensionalidade na Arte Brasileira do Século XX, no Itaú Cultural

  • 1997 - Washington (Estados Unidos) - Escultura Brasileira: perfil de uma identidade, no Centro Cultural do BID

  • 1998 - Belo Horizonte MG - Tridimensionalidade na Arte Brasileira do Século XX, no Itaú Cultural

  • 1998 - Brasília DF - Tridimensionalidade na Arte Brasileira do Século XX, na Galeria Itaú Cultural

  • 1998 - Penápolis SP - Tridimensionalidade na Arte Brasileira do Século XX, na Galeria Itaú Cultural

  • 1998 - Rio de Janeiro RJ - Imagens Negociadas: retratos da elite brasileira, no CCBB

  • 1998 - Santos SP - Expressões do Corpo na escultura de Rodin, Leopoldo e Silva, De Fiori, Brecheret, Bruno Giorgi, no SESC

  • 1999 - São Paulo SP - A Figura Feminina no Acervo do MAB, no MAB/FAAP

  • 1999 - São Paulo SP - Os Ítalos e os Brasileiros na Arte do Entre Guerras, na Pinacoteca do Estado

  • 2000 - Rio de Janeiro RJ - Quando o Brasil era Moderno: artes plásticas no Rio de Janeiro de 1905 a 1960, no Paço Imperial

  • 2000 - São Paulo SP - A Figura Feminina no Acervo do MAB, no MAB/FAAP

  • 2000 - São Paulo SP - A Figura Humana na Coleção Itaú, no Itaú Cultural

  • 2000 - São Paulo SP - Escultura Brasileira: da Pinacoteca ao Jardim da Luz, na Pinacoteca do Estado

  • 2000 - São Paulo SP - São Paulo: de vila a metrópole, na Galeria MASP Prestes Maia

  • 2000 - Valência (Espanha) - De la Antropofagia a Brasilía: Brasil 1920-1950, no IVAM. Centre Julio Gonzáles

  • 2001 - Porto Alegre RS - Coleção Liba e Rubem Knijnik: arte brasileira contemporânea, no MARGS

  • 2001 - São Paulo SP - 4 Décadas, na Nova André Galeria

  • 2001 - São Paulo SP - Individual, no MuBE

  • 2001 - São Paulo SP - Coleção Aldo Franco, na Pinacoteca do Estado

  • 2002 - Brasília DF - JK - Uma Aventura Estética, no Conjunto Cultural da Caixa

  • 2002 - Rio de Janeiro RJ - Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB

  • 2002 - Rio de Janeiro RJ - Bruno Giorgi: desenhos de um escultor, no Solar Grandjean de Montigny

  • 2002 - São Paulo SP - Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem

  • 2002 - São Paulo SP - Arte e Futebol, no MAM/SP

  • 2002 - São Paulo SP - Da Antropofagia a Brasília: Brasil 1920-1950, no MAB/FAAP

  • 2002 - São Paulo SP - Espelho Selvagem: arte moderna no Brasil da primeira metade do século XX, Coleção Nemirovsky, no MAM/SP

  • 2002 - São Paulo SP - Modernismo: da Semana de 22 à seção de arte de Sérgio Milliet, no CCSP

  • 2003 - Brasília DF - Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB 

  • 2003 - São Paulo SP - Arte e Sociedade: uma relação polêmica, no Itaú Cultural

  • 2003 - São Paulo SP - Escultores - Esculturas, na Pinakotheke

  • 2004 - Rio de Janeiro RJ - O Século de um Brasileiro: Coleção Roberto Marinho, no Paço Imperial

  • 2004 - São Paulo SP - Abstração como Linguagem: perfil de um acervo, na Pinakotheke

  • 2004 - São Paulo SP - Gabinete de Papel, no CCSP 

  • 2005 - São Paulo SP - O Século de um Brasileiro: Coleção Roberto Marinho, no MAM/SP

Rua Cel. Bordini, 907 - Moinhos de Vento - Cep 90440-001 - Porto Alegre/RS - Fone: (51) 3388.2915
www.galeriabelasartes.com.br - email: galeriabelasartes@hotmail.com

Horário de Atendimento: Segundas as Sextas - 9:00 as 12:00 e das 14:00 as 19:00 / Sábados - 9:30 as 13:00

    (51) 98462.7518