Alice Soares

Uruguaiana, RS, 1917 – Porto Alegre, RS, 2005.

 

Desenhista e pintora.

Em 1943 diploma-se em Pintura pelo Instituto de Artes da UFRGS, onde passa a lecionar a partir de 1945. Realiza nesse Instituto sua primeira individual. Diploma-se em Escultura, em 1947, com aperfeiçoamento em 1949. Participou da I Bienal de São Paulo, em 1951. Estudou com André Lhote no Rio de Janeiro. Cursou cerâmica com Wilbur Olmedo, em 1950, e gravura em metal com Iberê Camargo, em 1952. Durante toda a década de 50, participa de inúmeros salões e obtém diversos prêmios, a maioria em desenho. Em 1959, ilustra o livro El Arbol, de Maria Luisa Bombal, e realiza cursos com Horácio Juarez em Buenos Aires. Em 1959 fez individual no MARGS, em Porto Alegre. A partir de então, passa a desenvolver intensa atividade artística, sucedendo-se exposições pelo País e no exterior. Foi fundadora e primeira diretora da Escolinha de Arte da Associação Cultural dos Ex-Alunos do Instituto de Artes da UFRGS, em 1964. Seu tema constante são “as meninas”, líricas ou dramáticas, assunto coerente em uma carreira com mais de cinquenta anos de dedicação. Mantém, durante décadas, ateliê com a pintora Alice Brueggemann em Porto Alegre, onde reside. Uma das artistas mais delicadas do Rio Grande do Sul e um ser humano generoso, observação esta que faz coro com a análise de Jacob Klintowitz para Zero Hora – Cultura, em 1982: “Alice tem um desenho elaborado, suave, doce. O seu assunto é uma idealização da imagem da criança e da figura humana. É um destes artistas suaves que elabora uma obra feita de intimismos, sombra e luz, pequenos fatos”.

Outros críticos notam que seu trabalho é mais denso, grave e denunciador, como os que se inscrevem e guardam afinidade com a raiz dramática da obra de Kate Kolwitz. Em 1982 comemorou com Alice Brueggemann 25 anos de ateliê conjunto na Galeria Tina Presser, em Porto Alegre.

Na década atual, expôs individualmente, em 1993, Galeria Mosaico. Em 1994 participou da mostra em grupo na Cultural Gallery of Arts, Instituto Cultural Brasileiro Norte-Americano, em Porto Alegre. Incluída na mostra O prazer de desenhar, com dois desenhos do acervo do Instituto de Artes da UFRGS, durante as comemorações do 87º aniversário desse Instituto, em 1995. Consta no Dicionário das artes plásticas no Brasil, de Roberto Pontual, com ilustração, e no Dicionário brasileiro de artistas plásticos, MEC. Está catalogada no MARGS, através da Natureza morta, óleo sobre tela, Desenho, lápis conte, e Desenho II, crayon/sanguínea, este reproduzido no Catálogo Geral das Obras e com o nome de Alice Ardohain Soares.

Rua Cel. Bordini, 907 - Moinhos de Vento - Cep 90440-001 - Porto Alegre/RS - Fone: (51) 3388.2915
www.galeriabelasartes.com.br - email: galeriabelasartes@hotmail.com

Horário de Atendimento: Segundas as Sextas - 9:00 as 12:00 e das 14:00 as 19:00 / Sábados - 9:30 as 13:00

    (51) 98462.7518